10 de fev de 2012

ALERTAS DE PAI SETA BRANCA



ALERTAS DE PAI SETA BRANCA 




"Sim filhos! O assim chamado avanço de conhecimentos não oferece imunidade contra a morte, a velhice ou a doença. O homem cientista descobriu uma bomba nuclear que vai acelerar o processo de sua própria destruição. No entanto, filhos, a natureza maravilhosa não precisa do cientista defensor, porque nela existe o nascimento, o crescimento, a manutenção e a transformação e, porque só sabe amar quem encontra a paz em Deus Pai Todo Poderoso."
Pai Seta Branca  31/12/1980. 


"1984, Ciclo Iniciático! Data natalícia do triste naufrágio de poderosas civilizações. Santuário perfeito, onde galáxias de todo universo se comunicavam, e o homem dando vazão ao centro nervoso do seu terceiro plexo, recebeu o que era seu, e foi levado pelo seu próprio crepúsculo. Novamente as grandes metrópoles, e os homens desenvolvendo os átomos, a sua própria constituição." 
Pai Seta Branca  31/12/1980.


"Todas as coincidências, filhos, são significativas à nossa época e, simultaneamente a do homem no espaço e a psicologia porque a mente do homem foi acelerada e alterada pelas constantes experiências atômicas e correntes nucleares, sabendo nós outros o seu final. Sabemos também, filhos, que Jesus vai aumentar cautelosamente, o processo de sua volta."
Pai Seta Branca 31/12/1982. 


"Deveis saber, filhos, da nossa finalidade nesta mensagem, que trazeis dos vossos antepassados a este planeta em desenvolvimento. Assumistes o compromisso desta Era e, portanto, tereis que cumpri-lo, confirmando, em cada coração, o Espírito da Verdade, na missão designada do Terceiro Milênio."
Pai Seta Branca 31/12/1972. 


"É então que o Espírito Consolador exigirá o vosso compromisso ao socorro final. Que será o homem sem o Espírito Consolador, vendo suas grandezas e seus tesouros submergirem no alvo oceano, quando as bases frágeis das montanhas de gelo cederem e, ao se transformarem em água, liberarem os pequenos seres, que trarão a luta e só serão vencidos pelos vossos conhecimentos científicos, filhos meus!"
Pai Seta Branca 31/12/1972. 


"Que dirá o homem esclarecido quando os grandes aparelhos começarem a surgir no céu?"
Pai Seta Branca 31/12/1972. 


"Jesus Cristo não profetizou a sua morte, para não vos ver tristes até que fosse chegada a hora, naquela noite triste de ira nefanda, e, por Deus, prevaleceu o Amor. Não vim, portanto, vos trazer ainda a mensagem de morte, mas sim a tranqüilidade do Caminheiro, para o complemento desta obra."
Pai Seta Branca 31/12/1974. 


"Filhos do Amanhecer, que já atravessastes a pesada coroa de espinhos e a glória dos mártires: levantai e edificai, pois vosso planeta exigiu a volta do Jaguar. Desenvolvei as vossas mentes e rebrilhai a ciência dos Tumuchys. O mundo, de vós outros espera o jugo final."
Pai Seta Branca 31/12/1974. 


"Cuidado filhos, não vos precipiteis com os primeiros sinais no Céu, nem com as trevas que surgirão nos horizontes, nem com as águas que subirão ao vosso redor. Porque sois filhos do Sol e da Lua e, portanto, nada devereis temer. E antes que surja outra mensagem, filhos, o mundo já estará vibrando convosco."
Pai Seta Branca 31/12/1974. 


"Filhos: Há dois mil e quinhentos anos atrás, Deus já vos preparava para o socorro  final.  Não  temais  o  fim  dos tempos e nem o que dizem os profetas: Lembrai-vos somente do que disse Jesus o Caminheiro: “Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo”.
Pai Seta Branca 31/12/1975. 


"Cuidado! A Fé sem a Ciência é o perigo iminente do Espírito empreendedor nesta Era atual, enigma intraduzível do homem piedoso, inseguro, que, distante da crença, é lançado às velhas estradas, destruindo sua personalidade, renunciando às conquistas e permanecendo em suas crenças, perdendo-se na busca real do caminho, e se distanciando de suas origens e de seus mundos colonizados."
Pai Seta Branca 31/12/1977. 


"Porque devotar-se a morrer se não acreditas na vida eterna? Nos mundos civilizados, do contato e do amor. É chegada a grande hora. Cairá portanto o falso preconceito da visão física. Dias virão também que não terão razão para atuar os três Cavaleiros do Apocalipse, que simbolizam a desventura, a morte e a fome."
Pai Seta Branca 31/12/1978. 


"Filhos, nesta terra brevemente vereis pássaros com faces humanas, voando nas proximidades, à vista do olhar físico, que atravessarão os leitos dos adormecidos. Sim, quando chegar a hora, vereis, do outro lado do caminho, tribos realizando cerimônias e oferecendo sacrifícios nos ricos altares, diante das imagens, também pesadas, da ostentação, da tradição e do medo. E prosseguindo mais um pouco na viagem que, sem fechar a porta do seu Templo, serão arrastados para o oceano."
Pai Seta Branca 31/12/79. 
                   
"Então, filhos Jaguares, o homem ainda verá seus grandes tesouros, suas tradições, seus velhos papiros, suas leis e escrituras religiosas, tudo filhos, levado pela água e devorado pelo fogo... numa espécie, filho, de luto e temor... é um país? Não filho, é um poder escravizado, na sua fase de libertação."
Pai Seta Branca 31/12/1979. 


"A marcha evolutiva que se apresenta e que gradativamente vai atravessando os séculos, vos chama a razão, porque, filhos, é a conquista final. O homem até então só se preocupou em construir seus quartéis sempre armando-se contra o outro, fazendo-se temível. Vivem sempre a rebater suas próprias traições, fazendo-se fortaleza, inventando armas incomparáveis, destruidoras, sempre a se gloriar da destruição do outro."
Pai Seta Branca 31/12/1981. 


"O mundo eufórico das descobertas, mentes científicas e deslumbradas sem saber o caminho a tomar, enquanto vós outros continuam abrindo as vossas sem nada temer."
Pai Seta Branca 31/12/1983. 


"Temos a vida em outra dimensão, que avança no limiar deste Terceiro Milênio. Vós, Mestres Jaguares, filhos deste Amanhecer, na faixa evolutiva que vos encontrais, Eu, o teu Pai Seta Branca, nada tenho a desejar."
Pai Seta Branca 31/12/1984.  

Nenhum comentário: