11 de jul de 2013

ADJUNTO YURICY,KOATAY 108



MINHA FILHA E MINHA NINFA JAGUAR, 
ADJUNTO YURICY, KOATAY-108; 
HERDEIRO TRIADA HARPASIUS, 7° RAIO ADJURAÇÃO 

ARCANOS RAMA 2.000, MESTRE EDELVES.


O Adjunto Yuricy Koatay-108, MESTRE EDELVES, 

é na contagem hierárquica igual e se posiciona junto aos outros 
Adjuntos Koatay-108, Arcanos, Rama 2.000, 
nos seus direitos e deveres, pois fizeram o mesmo 
juramento e têm a mesma Lei.



A ninfa Adjuração Mestre EDELVES, representa o Ministro YURICY, 

a força, o amor e a ternura, É um Adjunto Maior, que pode e deve 
agir por si, na individualidade, de acordo com a 
Lei do Adjunto Koatay-108 ARCANOS Rama 2.0OO. 

É uma mestre ligada aos grandes desenvolvimentos.


A Ninfa Adjuração Mestre EDELVES, Adjunto Yuricy, 

não depende da Falange das Yuricys, 
estas sim, é que dependem e devem estar harmonizadas 
com seu Adjunto Yuricy. 

Carta de Tia Neiva, 08 de outubro de 1985.

MÃE TILDES

Mãe Tildes é uma grande Missionária, um Espírito de Luz que assume a roupagem de simples Preta Velha, na humildade de escrava que foi no congá de Zefa, no Sul da Bahia, onde exerceu plenamente as atividades doutrinárias, buscando harmonizar as forças iniciáticas daqueles espíritos já interligados pelas origens de nossa Corrente que para ali foram, atraídos por suas faixas cármicas e por suas missões.

Foi uma defensora da libertação dos escravos, para isso tendo que usar muitos dos conhecimentos sobre o transcendental daqueles senhores de engenho e sinhazinhas, buscando aliviar seus carmas e induzindo-os a se lançarem na Lei do Auxílio.

É considerada a Padroeira do Lar, por seu amor e sábios conselhos para manter a união e a harmonia de casais e da família, nos atendendo em nossas complicações sentimentais e nos ajudando nos momentos difíceis de nossas vidas, cuidando com muita ternura das crianças.

 Alma gêmea de Pai João de Enoque, veio com ele em diversas encarnações, especialmente quando do deslocamento das raízes africanas realizado pelos escravos que vieram para o Brasil Colônia.


Mãe Tildes é uma grande Missionária, um Espírito de Luz 
que assume a roupagem de simples Preta Velha, 
na humildade de escrava que foi no congá de Zefa, 
no Sul da Bahia, onde exerceu plenamente as 
atividades doutrinárias, buscando harmonizar 
as forças iniciáticas daqueles espíritos já interligados 
pelas origens de nossa Corrente que para ali foram, 
atraídos por suas faixas cármicas e por suas missões.

Foi uma defensora da libertação dos escravos, 
para isso tendo que usar muitos dos conhecimentos 
sobre o transcendental daqueles senhores de engenho 
e sinhazinhas, buscando aliviar seus carmas 
e induzindo-os a se lançarem na Lei do Auxílio.

É considerada a Padroeira do Lar, por seu amor 
e sábios conselhos para manter a união e a harmonia 
de casais e da família, nos atendendo em nossas 
complicações sentimentais e nos ajudando 
nos momentos difíceis de nossas vidas, 
cuidando com muita ternura das crianças.

Alma gêmea de Pai João de Enoque, 
veio com ele em diversas encarnações, 
especialmente quando do deslocamento 
das raízes africanas realizado pelos escravos 
que vieram para o Brasil Colônia.