29 de out de 2013

TROCA DE ROSAS



30 de outubro. Ninfas e Mestres por toda a Terra entram em sintonia com as vibrações do amanhecer. Mantras. Véus, Capas esvoaçando. Doutrina emanando. Dia do aniversário da Mentora- Mãe. Dia do Ritual de Troca de Rosas. Mas, penso, o que representa esse Ritual? Sabe-se que a primeira troca de rosas aconteceu quando Mãe Yara, incorporada em Tia Neiva, trocou rosas com Mário Saci, isto em 1976 ou 1978. Fico pensando, imaginando este sublime momento presenciado por alguns privilegiados.
A rosa, no vale do Amanhecer representa e é símbolo da pureza espiritual e dos sofrimentos da vida, pois tem sua aparência linda e seu perfume suave, mas, tem também seus espinhos. A rosa na Espiritualidade simboliza a força do amor e a pureza dos sentimentos ( conforme informações do Acervo). Imagino, então que, a TROCA DE ROSAS seja um ritual específico de reafirmação do nosso compromisso missionário, momento no qual, troca-se Energias entre Apará e Doutrinador; os lembrando,reciprocamente, e beleza de se estar a serviço do Mestre Jesus em favor da própria jornada e em favor daqueles que se inimigos. E, no momento da troca também relembramos as dificuldades diárias para o cumprimento da missão, os espinhos que tantas vezes nos ferem o corpo e o espirito, os obstáculos contínuos da caminhada que por tantas vezes nos fazem tropeçar e quase cair.
Mas, também é possível nos lembramos da ROSA DO AMANHECER, nossa Mãe clarividente, símbolo de pureza de sentimentos e de amor incondicional e nos realizamos nessa Energia de Troca, de Partilha, de compartilhamento e de reafirmação o compromisso doutrinário.Por ser um Ritual deve ser feito com seriedade, harmonia de pensamentos e gestos, com concentração, a fim de que , tenhamos merecimento de receber o que fomos buscar em proveito pessoal e em proveito de demais seres deste planeta, próximos ou não. lembrando sempre que merecimento é "condições que cada um cria para nós mesmos, de modo a nos tornar dignos de premiação, apreço ou estima, ou de castigo ou desprezo, tendo em conta nossos atos, nossas reações, nossas palavras e nossos pensamentos." ( Tumarã).
É um Ritual festivo, é certo; festivo pela data 0 de outubro, aniversário de Tia Neiva. Devemos nos alegrar e alegria deve ser o sentimento a nos envolver sempre que Nela pensarmos e não a tristeza. Alegria por tudo que nos ensinou, por tudo que nos propicia viver e alegria por sermos herdeiros da sua herança de amor, verdadeira pérola de luz a iluminar nossos dias. Mas, festivo não é sinônimo de dispersão, de tumulto ( interno ou externo), de agitação sem motivo.
É na harmonia, na paz e na sintonia com os Planos Superiores que este ritual terá a significação e propósito que nos trouxe Mãe Yara naquele distante 30 de maio quando trocou uma rosa com o Trino Tumuchy; e esta rosa agora trocada entre o Mestre Sol e Mestre Lua realmente harmonizados na humildade, na tolerância e no amor incondicional, deixará seu perfume, não apenas em nossas mãos; mas, também, em nossos espíritos e m nossos corações!
SALVE DEUS.