15 de jul de 2012

FALANGE MISSIONARIA CICANA TAGANA

FALANGE MISSIONÁRIA CIGANA TAGANA
Em 1982, quando Tia Neiva apresentou a falange de Ciganas Taganas para o corpo mediúnico do Vale do Amanhecer, a missão de libertação nos trabalhos tornou-se ainda mais completa. A paixão pela liberdade é característica certa do povo cigano, nomâdes por natureza. Uma herança que é marca da falange de Ciganas Taganas,que tem por principal missão auxiliar nos trabalhos de libertação: Julgamento e Aramês. Elas precisam conduzir a todos para sua libertação com sua energia, criando um elo entre cobradores e prisioneiros. A taça que as Ciganas Taganas carregam em sua indumentária está ligada à sua missão libertadora, simbolizando o carma. Mas, ao contrário do que se pode pensar, não é o sentido do sofrimento que a palavra induz, e sim a condição que essa falange tem de ajudar e de modificar os carmas. Na roupa trazem ainda as cores verde, remetendo às sua origens no mundo espartano, e preto, para representar a magia de Jesus Cristo. No Oráculo de Delfos, as Ciganas já se faziam presentes, dispondo da força desobsessiva e curadora da Rainha de Sabá. Essas missionárias recolhiam os feridos das batalhas e os doentes e os levavam para a Cruz do Caminho, onde faziam contatos com os deuses e os julgamentos. Ao longo da história, estiveram firmes à sua missão. A Cigana Tagana, guia da falange que leva seu nome, descia com Nossa Senhora Apará aos navios negreiros, para amenizar as dores dos escravos. As Ciganas têm permissões para adentrar os umbrais para iluminar aqueles que sofrem. “Uma luz no meio de outras luzes, por maior que ela seja, se perde. Agora, uma luz no meio da escuridão ela se faz presente, tem o seu real valor. A Tia dizia que nós, Ciganas, somos uma luz na escuridão para guiar e conduzir aqueles que necessitam de libertação, cura e harmonia”, ressaltou a primeira Cigana Tagana, Marlete Queiroz, à importância da missão dessa falange, reforçado pela Tia Neiva quando ela diz que “Uma Cigana Tagana pode harmonizar não só um trabalho espiritual, como qualquer ponto do universo”.

Jornal do Jaguar
Informativo bimestral da Biblioteca do Jaguar - Ano II - Nº 6
Por Mônica Marque

POSIÇÃO DAS CORRENTES NA INDUMENTÁRIA

O cinto da indumentária e de 6cm de largura

Canto

Nossa Mãe clarividente quando trouxe o nosso canto afirmou que somos a única falange que tem a permissão de falar com Deus.
Por isso devemos ser pequenas em humildade e amar incondicionalmente para alcançarmos a condição que nos foi confiada.
Oh! Jesus.
Nessa bendita hora,
Eu quero falar com Deus.
Quero sentir todo o meu amor,
Eu sou uma pequena ninfa, sou uma tagana,
Que desejo servir por todo o universo,
Na luz iniciatica do santo evangélio.
Venho do mundo verde,
Em missão especial de uma nova era,
Na esperança de um mundo melhor,
E na grandeza de Deus pai todo poderoso,
Aqui estarei sempre,
Com -0-// em ti Jesus querido,
Salve Deus!

Jornal do JaguarInformativo bimestral da Biblioteca do Jaguar - Ano II - Nº 6 Por Mônica Marque
POSIÇÃO DAS CORRENTES NA INDUMENTÁRIA
O cinto da indumentária e de 6cm de largura
Canto
Nossa Mãe clarividente quando trouxe o nosso canto afirmou que somos a única falange que tem a permissão de falar com Deus.Por isso devemos ser pequenas em humildade e amar incondicionalmente para alcançarmos a condição que nos foi confiada.Oh! Jesus.Nessa bendita hora,Eu quero falar com Deus.Quero sentir todo o meu amor,Eu sou uma pequena ninfa, sou uma tagana,Que desejo servir por todo o universo,Na luz iniciatica do santo evangélio.Venho do mundo verde,Em missão especial de uma nova era,Na esperança de um mundo melhor,E na grandeza de Deus pai todo poderoso,Aqui estarei sempre,Com -0-// em ti Jesus querido,Salve Deus!